Dentes de serpente

"Se temos ou não um dente de serpente, não se sabe até que alguém ponha sobre nós o calcanhar. (....) Nosso caráter é determinado mais ainda pela falta de certas experiências do que pelo que experimentamos." Do aforismo 36, de Humano, demasiado humano II, de Nietzsche

Anúncios

Mentiras e verdades….

"Mentir é o único privilégio humano perante todos os organismos. Mentindo é que chega à verdade! Sou homem, por que estou mentindo" . Num momento de embriaguez (lucidez?!), Razumikhin, em Crime e Castigo, nos faz questionar o que realmente mais nos aproxima da realidade: verdades impostas por outros ou mentiras que são de fato nossas?... Continuar Lendo →

Hobbes, Rousseau e zumbis

Nesta semana começou mais uma temporada de The Walking Dead, que é a série que retrata uma realidade pós apocalíptica, dominada por zumbis, na qual humanos tentam sobreviver de forma caótica. Interessante é que ao longo das oito temporadas, os zumbis deixaram de ser a principal ameaça. Os maiores problemas são causados pelos próprios humanos... Continuar Lendo →

Lápide de um cientista

Aqui jaz um pesquisador, Testou hipóteses Definiu métodos Analisou dados Por fim, conseguiu encontrar a lógica que procurava... Mas não o que realmente de sua vida queria. Descanse em paz!

Os caminhos de um fantástico labirinto

Nesta noite, quase de manhã, escutei trovões e acordei de um estranho sonho. Sonhei que não era um, mas vários de mim. Todos a percorrer os corredores de um labirinto. Não existiam certezas. Apenas desorientação. Cada um seguia um diferente caminho. Somente aquele que se enxergava nos espelhos insistia em seguir pegadas e sinais, Na... Continuar Lendo →

Acasos e escolhas…

Um dia de chuva Uma simples resposta Uma lágrima....ou um sorriso Sem perceber, nos tornamos uma versão irrecuperável de nós mesmo. São os acasos e escolhas... Matéria-prima do que chamamos destino.

Num dia frio e cinza…

Num dia frio e cinza, sinto que estou preso... Terrivelmente preso à realidade. As grades têm a rigidez de nossas certezas. As celas são do tamanho de nós mesmos. Não há chaves. Não há carcereiros. Apenas outros prisioneiros. Quem sabe, amanhã será um dia de céu azul... --pH

Que sejamos um pouco de GH…

Li recentemente o livro "A paixão segundo GH", de Clarice Lispector, e posso dizer que foi uma experiência impactante. O romance é baseado em um turbilhão de reflexões de uma mulher, simplesmente identificada como GH, que mora sozinha na cobertura de um prédio. O desenrolar do livro passa pelo fluxo de pensamentos de GH, um... Continuar Lendo →

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑