Demolição, construção e memórias que são esquecidas…

Por certas ocasiões que a vida nos proporciona, numa noite de janeiro atipicamente fria, escrevo estas linhas na minha antiga casa na qual morei em uma breve época. Em seu interior, mobílias antigas, porta-retratos e muitas recordações…. Para ser mais preciso, passei a adolescência aqui, mais ou menos de 1992 a 1996. Mas, pelos vários... Continuar Lendo →

Anúncios

Viver a parte, como sendo o todo…

"…ao longo de quase dez anos mortos fui conduzido por uma estrada aparentemente cheia de mudança e incidentes…. Mas, apesar desse isolamento e dessa longa estrada em terra estanha, permaneci o mesmo. Eu continuava a ser apenas parte de mim, fingindo ser o todo….” — Trecho de “Retorno a Brideshead”, de Evelyn Waugh. Não raramente,... Continuar Lendo →

Medo da morte ou vontade de morrer?

Eu disse ao médico, que vinha todos os dias: “Ele tem uma excepcional vontade de viver, não tem?” “Acha que é isso? Eu diria que é um enorme medo de morrer.” “Existe alguma diferença?” “Céus, é claro! O medo não lhe dá forças, pelo contrário, esgota-o”. Trecho de “Retorno a Brideshead”, escrito por Evelyn Waugh,... Continuar Lendo →

Um presente inusitado

  Há certas pessoas que parecem ter uma alma de uma outra época. Este era o caso de Oswaldo,  38 anos, bancário e fotógrafo amador. Novidades tecnológicas simplesmente não o seduzia, muito pelo contrário… Nos primórdios da internet, depois de muito relutar, foi uma amiga da faculdade que o convenceu a criar uma conta de... Continuar Lendo →

O Mendigo e o vira-lata

Na tarde daquele final de semana que antecedia o Natal, um mendigo e sua cachorrinha, inseparáveis, caminhavam a passos lentos pelo centro da cidade.  Ele, cabelos brancos, barba desalinhada, roupas e sapatos surrados, e aparência cadavérica. Ela, uma pequena vira-lata, pêlos pretos e curtos, aparentemente bem alimentada. Eram quase invisíveis no meio da multidão apressada,... Continuar Lendo →

Um médico, um paciente e um abismo

Deitado no leito de um apartamento hospitalar, ainda se recuperava da anestesia peridural. Tinha acabado de sair da cirurgia e escutava com dificuldade o que o médico dizia: — A cirurgia foi excelente! Serão necessárias seis semanas de gesso, além de fisioterapia… Daqui uma semana está marcado o seu retorno. Até lá, evite se movimentar. Mas, veja... Continuar Lendo →

1 de janeiro de 2018

2018! Chego na minha 4a década de vida. Reflito que nesta jornada da própria existência, possivelmente, a maior parte do caminho já tenha sido percorrido. Deprimente? Talvez…mas procuro uma outra perspectiva e vislumbro a ideia confortante de pertencer ao ciclo natural das coisas, com início, meio e fim. Pensar no tempo que passou e no... Continuar Lendo →

Blog no WordPress.com.

Acima ↑