Amor e dualidade

"Amor e dualidade. — O que é o amor, senão compreender que um outro viva, aja e sinta de maneira diversa e oposta da nossa, e alegrar-se com isso? Para superar os contrastes mediante a alegria, o amor não pode suprimi-los ou negá-los. — Até o amor a si mesmo tem por pressuposto a irredutível... Continuar Lendo →

Anúncios

1 de Abril de 2017. Tempos de mentira e encenação.

1 de Abril de 2017. Tempos de mentira e encenação. A realidade é que, assim como o bem e o mal, o genuíno e o falso coexistem em todos nós. Reflexão 1 - o que enxergamos ao olhar para o espelho? No conto “O espelho”, Machado de Assis chama a atenção para o fato de... Continuar Lendo →

Eclipse!

  A "pequena" Lua ofuscou a luz do "grande" Sol. É a natureza dando um exemplo de ousadia e de humildade... Tudo tem seu momento, apenas uma questão de espaço-tempo.

Banalidades…

A vida é cheia de banalidades....De coisas sem importância, que são simplesmente esquecidas a medida que o tempo passa. Os sábios as transformam em motivos para rir, os poetas as transformam em beleza, os ocupados não as percebem e os tolos as transformam em dramas pessoais. Somos um pouco de tudo.... Só não deveríamos desperdiçar nossa... Continuar Lendo →

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑